Domingo 23 Julho 2017

Mais de 50 mil pessoas são assassinadas a cada ano no país e a violência se mostra crescente em todas as regiões, afligindo e assustando a toda sociedade. Os números da violência revelam que mudanças profundas são urgentes e necessárias para a construção de um país mais seguro.

A Segurança Pública carece de um debate mais profundo em torno de temas como a estrutura dos organismos de segurança, as carreiras dos profissionais de segurança, a legislação penal e processual penal, dentre outros assuntos de grande relevância.

Esta seção tem o objetivo de contribuir com a exposição de trabalhos e publicações com temas relevantes para o debate e o aperfeiçoamento do modelo de Segurança Pública brasileiro.

FALE COM O SINDPOLF/SP

FALE COM O SINDPOLF/SP

FALE COM O SINDPOLF/SP

TELEFONE - (011) 3617-4790

VIA SITE - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

SUPORTE SITE - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

COMUNICAÇÃO - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

DIRETORIA SOCIAL - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

SECRETARIA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.



Contagens por habitante transformadas em sentimento: um exemplo de como a violência invade os círculos pessoais

Resumo

Até que ponto atinge nossos círculos pessoais uma contagem - por exemplo, de violência no Brasil - de 50 mil assassinatos por ano, ou 25 assassinatos para cada cem mil habitantes? Este artigo apresenta uma fórmula para traduzir contagens típicas por habitante em medidas mais compreensíveis de penetração nos círculos pessoais. Espera-se que seja possível passar a alertar a população da seguinte maneira: “mantidas as atuais taxas, ao longo de sua vida, o brasileiro deve esperar receber a informação de que 3 (três) dentre seus conhecidos tenham sido assassinados”. A transformação permite traduzir o sentimento que a contagem para cada cem mil habitantes esconde. Sentimentos, mais do que contagens por habitante, mobilizam pessoas a cobrar melhorias ou elogiar serviços prestados.

Leia mais:Contagens por habitante transformadas em sentimento: um exemplo de como a violência invade os...

Nosso Twitter

Nosso Facebook